Suzane Von Richthofen revela ter um quarto participante no assassinato


O promotor Eliseu José Berardo Gonçalves afirmou que há uma quarta pessoa envolvida no assassinato dos pais de Suzane von Richthofen, ocorrido em 2002, enquanto dormiam em sua mansão, localizada em São Paulo. Além da filha, de 25 anos, e dos irmãos Cristian e Daniel, Astrogildo Cravinhos, pai dos assassinos, teria sido citado por Suzane como o maestro do crime e também teria confeccionado os instrumentos para as execuções. A revelação foi feita em entrevista ao "Fantástico" deste domingo.




Entretanto, segundo o programa, Suzane não fez as declarações em nenhum documento oficial, por recomendação de seu advogado.

Gonçalves foi suspenso pela Corregedoria do Ministério Público por 22 dias de seu cargo, exercido em Ribeirão Preto, São Paulo, sob a suspeita de ter tentado seduzir Suzane. A acusação foi feita pela própria jovem a uma juíza. Nela foram citados detalhes do gabinete do promotor, onde a jovem teria entrado e escutado música romântica na presença de Gonçalves, que a chamava por apelidos carinhosos. O promotor nega.

Fonte: eBand

Postagens populares